Evangelho DominicalVersículos Bíblicos
 
 
 
 
 

344. Poesia

Ler do Início
07.02.2024 | 1 minutos de leitura
Pe. Eduardo César Rodrigues Calil
Poesia
344. Poesia
Não a tenho
(Mais).
Nunca a tive
(Nunca).
Ela me susteve
Em suas mãos:
Vácuo, derrelição.
Desse vazio me
Fez servo,
Sua incisão,
Ferida que
Sangra.