Versículos BíblicosEvangelho Dominical
 
 
 
 
 

221. Permita-me

Ler do Início
12.10.2021 | 1 minutos de leitura
Luciana Silva
Poesia
221. Permita-me
Se me permites cansar, estou exausta!
Estou cansada de insistir com a esperança que não brota, nem floresce ou frutifica...
Estou cansada de regar o ânimo, até mesmo com pequenas gotas que me caem das mãos...
Estou cansada de recarregar a energia da vida, pois meu olhar já não alcança o lumiar mais tênue...
Estou cansada de andar por entre pedras e espinhos, na ilusão de que terei no tato o verde da relva...
Se me permites cansar, estou exausta!
Exaurida pelo amor falado em doces palavras vazias de afeto e de presença,
Exaurida pela fé pregada e desconhecida no pão trancado no cofre da miséria,
Exaurida pela paz sonhada qual fosse pesadelo de algum sonâmbulo,
Exaurida, cansada, exausta pelo deserto de olhares insensíveis à dor, à fome, à tristeza e ao desalento!
Se me permites cansar, estou exausta!