Versículos BíblicosEvangelho Dominical
 
 
 
 
 

148. Sede

Ler do Início
28.04.2020 | 1 minutos de leitura
Fique Firme
Poesia
148. Sede

a chuva voltou,
até parece que adivinhou a minha sede.
podia ficar mais uns dias comigo,
porque a casa anda vazia,
faz algum tempo.
minha sede é de companhia.







Poesia anterior: 147. Acaso não ardia o nosso coração?

Próxima poesia:     149. E daí?