Versículos BíblicosEvangelho Dominical
 
 
 
 
 

273. Ave sem ninho

Ler do Início
03.12.2020 | 1 minutos de leitura
Solange Maria do Carmo
Para Rezar
273. Ave sem ninho
Eu ouvi o cantar do pássaro.
Era triste e parecia ter perdido o ninho.
Sentido, chorava buscando abrigo. 
O gavião cruel teria devorado sua protetora?
Ou os incêndios teriam deixado-a ferida sem poder voltar?
Nunca mais se abrigaria sob suas asas maternas?
Ó Deus de amor,  choram querendo lar os pivetes do faroleiro.
O incêndio capitalista devorou suas mães. 
Sonham os meninos com braços quentes e cantigas de ninar.
Estão perdidos vagando pelas ruas, com olhos lânguidos desejando a morte. 
Chora a pátria mãe que vê seus filhos no abandono. 
E a mãe natureza faz o funeral da passarinha.
Dai-me forças, ó Deus da vida.  
Em meio ao caos ecológico não sei a que avezinhas socorrer e restituir ao ninho. 
Em meio a crueldade humana,  não sei mais estancar a sangria.  
Que não seque a esperança de dias amenos!
Amém.
PUBLICIDADE
  •  
  •  
  •  
  •