Versículos BíblicosEvangelho Dominical
 
 
 
 
 

13. Uma toalha, sua veste talar

Ler do Início
01.05.2017 | 1 minutos de leitura
Fique Firme
Poesia
13. Uma toalha, sua veste talar

para Solange, com carinho! –


A professora escreveu sobre as vestes,
Muita gente retrucou: vixe, deu pano pra manga!
Ou será casula? e barrete? e capa asperge? Sei lá!
Só sei que o Mestre usou toalha, e na cintura,
Pra lavar os pés dos seus, como veste “talar”.


E ainda acho que quando saiu do sepulcro estava nu,
Feito como veio ao mundo,
Quando nasceu e foi posto numa manjedoura
E teve as palhinhas como cobertor pra usar;
E rodeado de bois e galinhas estava o lugar.


Nesse trem de liturgia eu não me meto, 
mas minha fé manda rezar:
quando o muito é demais, é melhor não usar!


 




Poesia anterior:    12. O jardineiro

Próxima poesia:  14. Pó